SERVIÇOS
CALIBRAÇÃO

Aliando tecnologia e competência, realizamos serviços de calibração em vários tipos de instrumentos de medição focadas nas empresas da região Sul Fluminense.

O QUE É CALIBRAÇÃO?

O Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM) 2012, define calibração como:
“Operação que estabelece, sob condições especificadas, numa primeira etapa, uma relação entre os valores e as incertezas de medição fornecidos por padrões e as indicações correspondentes com as incertezas associadas; numa segunda etapa, utiliza esta informação para estabelecer uma relação visando a obtenção dum resultado de medição a partir duma indicação.”

O CERTIFICADO DE CALIBRAÇÃO TEM VALIDADE?

A validade do certificado de calibração deve ser definida pelo cliente (proprietário do instrumento) com base em diversas informações, tais como:

    ✓  Frequência de utilização, que deve levar em consideração: o manuseio, a severidade de uso, meio ambiente, etc;
    ✓  Normas técnicas;
    ✓  Recomendações de fabricante;
    ✓  Entre outras situações;

Importante destacar que dois instrumentos com as mesmas características construtivas podem ter validades (intervalo de calibração) diferentes.

EM QUAIS PONTOS O INSTRUMENTO DE MEDIÇÃO DEVE SER CALIBRADO?

Os pontos de calibração são definidos a partir de normas técnicas ou oriundas de documentação do INMETRO, bem como da utilização (necessidade) do cliente. Caso não sejam informados pelo cliente, o Laboratório da RKP irá definir os pontos conforme a documentação interna.

PORQUE DEVO CALIBRAR MEU INSTRUMENTO?

Segundo as normas de Qualidade ISO 9001 (requisito 7.1.5.2) e a IATF 16949 (requisito 7.1.5.2), de Meio Ambiente ISO 14001 (requisito 9.1.1) e de Segurança ISO 45001 (requisito 9.1.1) os equipamentos utilizados para medição e monitoramento devem ser calibrados.

A CALIBRAÇÃO CONSERTA OU AJUSTA UM INSTRUMENTO DE MEDIÇÃO?

Não!
Com a calibração o cliente identifica os erros de medição naquele exato instante, como se fosse uma “fotografia” do instrumento. Com as informações da calibração o cliente tem condições de avaliar como estava o desempenho do instrumento durante o período de uso anterior, possibilitando identificar falhas no seu processo de medição, podendo tomar decisões, como por exemplo: recalls. Neste caso é necessário realizar a manutenção, ou ajuste, do instrumento de medição e realizar uma nova calibração afim de identificar que os erros foram corrigidos.